Donos do Mundo

Ceremony

Just Married

7 alimentos proibidos para seu animal de estimação

by - novembro 09, 2015


Seu bichinho de estimação te olha com aqueles olhinhos pidões e você não resiste: dá um pedaço de algo que você está comendo para ele. Guloseimas, leite, carne e tudo aquilo que atraia a atenção dele.
E não tem jeito, deu uma mordidinha da primeira vez e você nunca mais se livrará daquela carinha de coitado pedindo um pedacinho. Mas por mais que você não faça por mal, e sim por dó daquela carinha, é preciso entender que você é o responsável pela saúde do seu bichinho e precisa cuidar da alimentação dele.
É essencial se lembrar que são espécies diferentes da nossa, então, nem tudo que é considerado bom para os seres humanos pode ser considerado bom para os animais. Portanto, a escolha de um alimento adequado e específico para os pets, que contenha todos os nutrientes de maneira balanceada, colabora com a qualidade de vida do seu cão ou gato, proporcionando uma vida mais longa e saudável.
Para orientar e alertar donos de cães e gatos, a Dra. Letícia Tortola, veterinária da Guabi PetCare especialista em nutrição de cães e gatos, alerta com uma lista de 7 alimentos proibidos para seu animal de estimação, confira na galeria. Descubra quais alimentos são inimigos para seu bichinho


LEITE E DERIVADOS


Cães e gatos adultos não produzem altas quantidades de lactase, enzima que auxilia na digestão da lactose do leite, e por isso desenvolvem intolerância ao alimento . Quando ingerido, o leite e seus derivados, como queijo e iogurtes, podem provocar dores abdominais, náuseas e diarreia.

DIETA CASEIRA DESBALANCEADA OU RESTOS DE COMIDA


Os cães e gatos necessitam ingerir diariamente todos os nutrientes essenciais à sua saúde: aminoácidos, ácidos graxos, vitaminas e minerais. Esses nutrientes também estão presentes no nosso alimento, mas como os cães e gatos têm necessidades de proporções de nutrientes diferentes que a do homem, o uso de sobras de comida não garantem a ingestão adequada desses nutrientes, tornando os pets mais suscetíveis ao desenvolvimento de diversos problemas de saúde, como sérios desequilíbrios nutricionais e obesidade.


CHOCOLATE


Um dos piores vilões dos animais de estimação, o chocolate contém a substância teobromina (presente no cacau) que pode intoxicar seu cão ou gato. Quanto mais amargo e escuro o chocolate, ou seja, quanto mais cacau, mais perigoso é para o pet. Com a ingestão, pode-se observar vômito, diarreia, hiperexcitação, aumento dos batimentos cardíacos, convulsões e até a morte.



CEBOLA E ALHO


Provavelmente ninguém tem a intenção de dar alho e cebola para seu bichinho, mas esses são ingredientes que fazem parte do nosso tempero. É comum temperarmos nossa comida com alho e cebola, mas, para os cães e gatos, esses são ingredientes tóxicos. Um consumo excessivo de cebola ou alho provoca alterações nos glóbulos vermelhos (células do sangue que transportam oxigênio) e o desenvolvimento de anemia, e em casos extremos, pode até levar à morte. A intoxicação pode ocorrer pela ingestão desses ingredientes crus, desidratados, cozidos ou produtos contendo cebola ou alho em pó. Os gatos são mais suscetíveis à intoxicação que os cães. Já houve um caso de um gato que foi intoxicado por comer papinha de criança que continha cebola em pó.



DOCES


Os doces podem, principalmente, levar o seu pet à obesidade. Além disso, podem aumentar o risco de o pet adquirir Diabetes. Principalmente para os gatos e, menos comum para os cães, se observa essa relação de intolerância à glicose e aumento da insulina no sangue com o aumento excessivo de peso.



OVOS CRUS, OSSOS CRUS E CARNE CRUA


Estes alimentos, quando não estão cozidos, podem conter bactérias como a Salmonella. Estas bactérias podem ser muito perigosas para a saúde do seu animal de estimação. Os ossos, principalmente os de galinha, podem fazer com que eles se engasguem, sufoquem e até podem perfurar algum órgão interno.


You May Also Like

0 Comments

Obrigado por comentar aqui... breve te respondo. abraços