Donos do Mundo

Ceremony

Just Married

Meninas forçadas a se casar, Burkina Faso

by - dezembro 17, 2015




Aos 13 anos de idade, Maria* foi forçada a se casar com um homem de 70 anos que já tinha cinco esposas. Quando ela resistiu, seu pai lhe disse: “Se você não se juntar a seu marido, eu vou te matar.”
Em toda Burkina Faso, milhares de meninas e adolescentes como Maria estão sendo forçadas a se casar cedo. Uma em cada três meninas se casa antes de completar 18 anos. Algumas são ainda mais jovens, com 11 anos de idade.
Espera-se que elas tenham tantos filhos quanto seus maridos quiserem, independente de seus próprios desejos ou da ameaça que uma gravidez precoce representa para sua saúde e vida.
Uma vez casadas, muitas estão condenadas a cozinhar, limpar, buscar água e a trabalhar nos campos do amanhecer até o anoitecer. Pouquíssimas têm a oportunidade de ir à escola.
Algumas meninas estão fazendo tudo que podem para fugir de casamentos forçados, apesar da enorme pressão de suas famílias e da sociedade em geral. Maria caminhou cerca de 170 km durante três dias para buscar refúgio em um abrigo para meninas.
Casamentos forçados e precoces são proibidos pela Constituição de Burkina Faso e pelo direito internacional, mas as autoridades continuam ignorando esses fatos.
O governo de Burkina Faso deve cumprir a lei e proteger as meninas e adolescentes de casamentos forçados. Você pode ajudar.

ENTRE EM AÇÃO
Veja a carta que será enviada em seu nome, junto a milhares de pessoas, ao Ministro da Justiça e Direitos Humanos de Burkina Faso:


Exmo. Sr. Ministro,
Estou profundamente preocupado com a prática generalizada de casamento precoce e forçado em Burkina Faso, e particularmente na região de Sahel. Como o senhor sabe, o casamento precoce e forçado é proibido de acordo com as leis de seu país, bem como por tratados internacionais e regionais de direitos humanos dos quais Burkina Faso é signatário.
Mas, na prática, os estudos mostraram que pelo menos um terço das meninas em Burkina Faso são casadas antes da idade de 18 anos, com consequências de longo prazo para a sua saúde, segurança e direitos humanos.

Ministro, eu reivindico a seu governo:
• Impor e garantir a aplicação das legislações nacionais e obrigações internacionais que proíbem o casamento precoce e forçado.
• Garantir a proteção, bem como abrigo e serviços de apoio às vítimas de casamentos precoces e forçados.
• Aumentar a conscientização da população sobre a proibição do casamento forçado e precoce, e também sobre onde as meninas podem encontrar assistência se estiverem em risco.
Atenciosamente,




* Campos obrigatórios



acoes_1170x780px3
1911
AÇÕES


You May Also Like

0 Comments

Obrigado por comentar aqui... breve te respondo. abraços